Billabong Apresenta Coleção Limitada "Warhol Surf"

A Coleção inspira-se nos arquivos do mais famoso artista pop

O Encanto das Shetlands

Além da paisagem, a replica de um barco e de uma casa viking em Haroldswick deslumbram-nos

Ligações Com a Natureza

A Coleção de Inverno da Zara Home propõe uma próximidade com o mundo natural

Já conhece o Oldrig House?

Mostramos-lhe imagens deste palácio construído sobre as ruínas de um antigo castelo que agora é um hotel de charme.

Uma "Gemma" Premiada

O observatório no cume de uma montanha remota em New Hampshire nos E.U.A ganhou o AIA 2017

A Mística do Lago Ness

Crenças à parte, há coisas que se sentem..

EXPERIMENTA DESIGN 2011 EM DIRECTO | DIA 03


23.00 Utilitas Interrupta

Chegámos ao Jardim das Amoreiras para a última exposição do dia: “Utilitas Interrupta”.

Desde o princípio dos tempos que uma das maiores realizações do homem reflecte-se nas infra-estruturas que este consegue construir. Desde os sistemas hidráulicos babilónicos aos arquipélagos criados por geo-engenharia no século XXI, as grandes obras são uma expressão tangível do desenvolvimento, ambição e poderio de uma cultura, materializando o seu poder e imortalizando os seus líderes.

Mas é claro que esta é uma moeda de duas faces. Tanto uma obra pode ficar imortalizada pela sua genialidade irrefutável como pelo seu catastrófico falhanço.

“Utilitas Interrupta” é uma imperdível exposição que examina de perto, através de uma incrível instalação fotográfica, obras infra-estruturais que num dado momento foram de importância vital e agora jazem esquecidas.

Daqui saímos bastante impressionados com as incríveis fotografias, mas sobretudo histórias, que encontramos … uma nova visão sobre as dimensões a que pode chegar o falhanço humano.

Mas agora há que descansar porque amanhã o dia começa cedo e está repleto de actividade!

Para os nossos leitores recomendamos que aproveitem o fim-de-semana para visitar a EXD’11 … e claro, vão seguindo sempre o … And This is Reality … quem sabe não nos encontramos por aí!


19.00 Debate – Design Act

Visitamos hoje pela segunda vez a Sala Multiusos, mas desta vez com um tema bem diferente: o lançamento do livro Design Act.

O livro foi produzido pelo IASPIS, The International Artists Studio Program in Stockholm e publicado pela Stenberg Books. Nele podemos encontrar várias discussões sobre práticas do design contemporâneo que se cruzam com temas políticos e sociais imergentes.

A apresentação contou com Magnus Ericson e Ramia Mazé, os editores do livro, alguns designers que contribuíram para a sua produção, e Lisa Rosendahl, directora do IASPSIS.

Mas agora é altura de nos despedirmos do Lounge da EXD’11 … aos nossos leitores fica o convite para visitarem este espaço, que estará especialmente animado esta noite, ou seguirem-nos até ao Jardim das Amoreiras, onde iremos visitar mais uma exposição esta noite.


17.00 Conferências de Lisboa – Fernando Brízio

Se houve alguma coisa que faltou na inauguração da exposição de Fernando Brízio no primeiro dia da Experimenta Design (na passada quarta-feira), foi o seu discurso de hoje.

Na Conferência, o designer forneceu-nos uma verdadeira “legenda” da sua exposição. Nesta hora ficámos a conhecer inúmeros pormenores das várias criações de “Fernando Brízio: Desenho Habitado”.

Nós no … And This is Reality vamos certamente voltar a visitar o Antigo Convento da Trindade para ver a exposição, agora com outros olhos, e recomendamos vivamente todos os nossos leitores a passarem por lá também!

Já a seguir.. mais uma paragem pelo Lounging Space da EXD’11!


16.00 Conferências de Lisboa – Sulki & Min

Hoje estávamos à espera da dupla de designers Sulki&Min. Infelizmente só pôde aparecer a primeira, mas não foi de todo por isso que ficámos “meio-satisfeitos”.

Para acompanhar o tema da bienal, a designer começou por expor aqueles que para ela são os sinónimos de Useless: Disfuncional, Sem propósito, Preguiçoso e Repetitivo.

A conferência acabou por ser uma mostra de várias criações da dupla que tinham uma dessas “características inúteis”, acabando na apresentação da instalação que pode ser encontrada na Praça da Figueira, uma instalação, segundo a designer, algo Repetitiva.

Fica o conselho do … And This is Reality de ir visitar a instalação dos designers que estará na Praça da Figueira durante os dois meses da bienal… e claro, o conselho de voltar ao aqui daqui a uma hora para saber como correu a Conferência do designer Português Fernando Brízio.


15.00 Conferências de Lisboa

Os convidados para a conferência de hoje são a dupla de designers gráficos Sulki & Min, criadores do BMW Guggenheim Lab e editores da specter press; e o designer Português Fernando Brízio que já tivemos a oportunidade de conhecer na quarta-feira.

O público à entrada está muito animado e ansioso por ouvir os convidados de hoje, que nos vão dar certamente opiniões muito diferentes. Já que Sulki & Min são dois jovens designers Asiáticos e Fernando Brízio um designer mais experiente, rodeado por uma cultura completamente diferente.

Nós já temos os nossos bilhetes por isso vamos entrando… voltamos assim que conseguirmos com a descrição das conferências de hoje… até já!


13.00 Open Talks – Arquitectura Useless

Depois da introdução ao tema, dada por Pedro Gadanho tivemos a oportunidade de ouvir Gretchen Mokry. A arquitecta doa “Arquitects for Humanity” mostrou-nos alguns dos seus projectos, e como as coisas que destacam os arquitectos em obras no mundo desenvolvido (como pormenores estéticos), são inúteis nos países em desenvolvimento.

Em contrapartida a arquitecta Alemã Folke Köbberling traz-nos uma arquitectura que usa objectos considerados inúteis na sua composição. Mostrando-nos assim que o lixe de alguns, é útil para outros e grande parte do que constitui os seus projectos.

Para finalizar a crítica Alexandra Lange mostra-nos um pouco do que acha ser inútil vs útil, tanto na arquitectura como em algumas peças de design.

Agora é aproveitar para um almoço e continuar o dia pelo Cinema São Jorge em mais uma sessão das Conferências de Lisboa.


11.00 Open Talks– o início do Dia 3

E para começar o dia mais uma vez a estimular ao máximo o pensamento e a nossa opinião sobre a Utilidade, estamos agora em mais uma Open Talk. Desta vez o tema é “Arquitectura Useless”.

Hoje a conversa é liderada por Pedro Gadanho, arquitecto e curador, e os seus convidados são a arquitecta Gretchen Mokry; Folke Köbberling, arquitecta e editora de livros de arquitectura; e Alexandra Lange, escritora e crítica de Arquitectura.

A sala Multiusos do Antigo Tribunal da Boa Hora está na capacidade máxima! Vamos tentar arranjar um espacinho também…


Chegamos mais uma vez ao Antigo Tribunal da Boa Hora para outro dia repleto de design … e hoje o tema é Arquitectura.

Esperam-nos algumas conversas sobre o tema e no fim do dia uma exposição que promete impressionar. Por isso a todos os leitores do … And This is Reality, principalmente aos amantes da Arquitectura, hoje é mais um dia a não perder!

EXPERIMENTA DESIGN 2011 EM DIRECTO | DIA 02


01.00 Festa Lux

Pois é… ninguém que queira acabar esta noite repleta de Experimenta Desing pode escapar e ir a outro sítio que não o LuxFrágil, a casa de eleição da noite Lisboeta.

O ambiente começa a animar e ainda vamos no princípio da noite, o que nos diz que o serão de hoje promete…

Para os que hoje ficam por aqui deixamos um pensamento que o designer Marcel Wanders referiu hoje na sua conferência. “Sem uso não significa sem valor… Muitas vezes as coisas a que damos mais valor são as que menos uso têm …” uma reflexão perfeita para acabar o dia “Useless” de hoje!


23.30 Exposição “From A to C”

Estamos agora na Loja da Atalaia para presenciar a primeira mostra das mais recentes criações do designer Miguel Vieira Baptista.

O designer acolhe a exposição, não apenas como um expediente promocional, mas também como um lugar de conforto e de comunicação. Os seus objectos eminentemente estéticos são uma das razões que justificam irrefutavelmente o facto de este designer ser um dos nomes mais aclamados na cena do design Português.

E agora para acabar a noite em grande, o sítio nem poderia ser outro…


22.00 Exposição “SideLines” – 7 locais para coleccionar em Lisboa

Sendo o tema da EXD’11 deste ano “Useless” a exposição em que estamos agora faz todo o sentido. Sidelines vai trazer toda uma nova perspectiva ao acto de coleccionar.

Com núcleos em 7 locais emblemáticos (e alguns surpreendentes) da cidade de Lisboa, a exposição “Sidelines” questiona o valor e utilidade de coleccionar, ao trazer a público 7 colecções pessoais.

Pedagogia e vaidade? Desejo de preservar? Medo da perda irreparável? Muitas são as razões que levam as pessoas a coleccionar todo o tipo de objectos … e a Experimenta Design 2011 convida cada um dos seus visitantes a formar a sua opinião.

A exposição que viemos ver, na Biblioteca Camões, é de Susana Pomba. Esta coleccionador de Time Out’s e K’s ganhou este pequeno vício em pequena ao ver os pais lerem estas revistas.

Afirma-se coleccionadora, mas não “completista”, por guardar apenas as suas preferidas… que depois de uma vista de olhos, também são as nossas!

Curioso ou não … seguimos em direcção ao coração do emblemático Bairro Alto para a inauguração de mais uma exposição – a “From A to C”.


18.00 Exposição “Redundância – A Utilidade da Repetição”

Depois de uma conferência magistral agora temos uma instalação intrigante e divertida – a “Redundância”.

“A Utilidade da Repetição” é o desafio que a Bienal de Design de Lisboa lançou a cinco estúdios de design gráfico a criar intervenções urbanas sobre o tema “Useless”. Os designers contemplados foram Luna Maurer e Roel Wouters, da Conditional Design, os designers da Lust, os coreanos Sulki & Min, Fréderic Technner e os designers do Studio Myerscough.

As intervenções estão a acontecer em plena Praça da Figueira, e os resultados são muito interessantes, como que uma sátira à (falta de) utilidade na repetição. Ou será que esta sátira terá mesmo alguma utilidade?

Deixando para trás jogos de palavras e reflexões mais ou menos sérias sobre estes mesmos jogos subimos em direcção ao Chiado para assistir à abertura de um dos núcleos da exposição Sidelines … vêm daí connosco?


17.10 Conferências de Lisboa – Marcel Wanders

Para ouvir este ícone do design, a Conferência de Lisboa foi um pouco “formatada”. Em vez da habitual palestra, assistimos a uma conversa entre o designer e a directora da Experimenta Design, Guta Moura Guedes.

A conversa surgiu muito naturalmente, notando-se um grande encontro de interesses e gostos destas duas pessoas que apesar de desempenharem papéis muito diferentes, ambos são estrelas na cena do design.

Tivemos a oportunidade de ouvir Marcel Wanders falar de várias peças criadas ao longo da sua carreira, desde a mediática Knotted Chair, uma das suas obras mais reconhecidas, criada em 1996, até a algumas das suas mais recentes criações. Nomeadamente um pequeno medalhão com a palavra “Held” (herói em holandês), que serviu de inspiração para a sua namorada, e que mais tarde veio a inspirar milhares de pessoas numa reconhecida revista Holandesa.

Cheios da ilusão e da magia transmitida por este fenomenal orador, rumamos ao nosso próximo local da Experimenta Design – Praça da Figueira para visitar uma das Instalações Urbanas de
Design com que a Experimenta Design 2011 brinda a cidade …

Curiosos? … dentro de momentos teremos aqui tudo!


16.10 Conferências de Lisboa - Heather Shaw

A designer Heather Shaw agarrou muito bem o seu público. Começou por falar do tema “Useless”, revelando que para os designers este vem como um medo – o medo de criar obras inúteis.

Comparando a palavra “Useless”, a conversa rapidamente saltou para a campanha “Be Stupid” da Diesel, que a designer apresentou como uma pequena moral. Às vezes e preciso ser “Stupid” se tal significar coragem e ousadia nas criações.

Seguiu-se uma apresentação de projectos da designer em colaboração com o The Do Lab, que levou à criação de palcos para concertos pelo mundo inteiro, incluindo Portugal, com instalações para o Optimus Alive e o Boom Festival.

As apresentações culminaram no mais mediático projecto da designer: o palco para a tour de Amon Tobin que ficou reconhecido mundialmente como o palco para o concerto do futuro.

Depois deste momento de aquecimento da audiência … o senhor que se segue é e mega estrela do design mundial – Mr Marcel Wanders.


15.00 Conferências de Lisboa - Heather Shaw & Marcel Wanders

Mais do que mostrar peças em exposições, a EXD’11 pretende envolver ao máximo o seu público com o mundo do Design, e ajudar a formar públicos, consciência e opiniões sobre esta arte de bem viver. O que nos traz ao Cinema São Jorge para mais uma Conferência de Lisboa.

Desta vez temos a oportunidade de ouvir a designer Heather Shaw, directora do Vita Motus, um estúdio de design multidisciplinar em Los Angeles e a mega estrela do design internacional Marcel Wanders (um dos nossos designers favoritos e um dos nomes mais mediáticos desta edição da Experimenta Design).

Para já, entramos na sala e ouvimos as ideias que vieram partilhar com esta sala cheia de mentes ansiosas, por este momento grande da Experimenta Design …

Dentro de momentos mais uma actualização deste nosso Experimenta Design em Directo. O design segue a bom ritmo … siga connosco!


12.30 Open Talks - Fluxos de Informação

Foi uma abertura de dia bem animada. Com um tema bastante interessante e dinâmico, a conversa, apesar de bastante informativa, não foi necessariamente hermética.

A conversa foi sobre a informação, e como esta é representada, como o designer procura cada vez
mais, seja através de suportes físicos como livros ou na internet, tornar a representação da informação interessante para o leitor.

Diferindo um pouco do resto das apresentações, foi a que nos foi apresentado hoje pelos designers Mischer’Traxler. Aqui foi nos mostrado como usar diferentes informações para criar fantásticas peças de design. Por exemplo, com uma máquina alimentada com um painel solar, vimos belíssimas peças cuja cor variava consoante a luz do dia em que foi criada.

Já de seguida rumamos de volta ao EXD’11 Lounge para um dos momentos altos desta semana inaugural da Experimenta Design 2011 e deste nosso Directo – Marcel Wanders himself estará diante do público português a dar uma conferência … absolutamente a não perder esta palestra do grande mestre do Design Contemporâneo!


11.00 Open Talks – o início do Dia 02

A primeira sessão de Open Talks tem o tema “Fluxos de Informação” e a enchente de pessoas à porta mostra o entusiasmo para assistir aos convidados de hoje (haverá uma por dia nos restantes dias desta semana inaugural, e nós vamos acompanhar tudo em directo, claro).

A moderadora desta Open Talk é Zoë Ryan, curadora de design do Chicago Art Institude, e os
participantes são: Joost Grootens, recentemente nomeado como um dos 20 melhores designers para o futuro; o Canadiano Aaron Cope; e os criadores do estúdio Mischer’Traxler.

Por agora vamos sentar-nos e ouvir a discussão … já voltamos com mais informação, neste Experimenta Design 2011 em Directo. Não perca …

Ainda a Inauguração da EXD’11 está a bem presente e já aqui estamos a fazer uma abertura do Dia 2 do nosso Experimenta Design em Directo.


Chegámos ao segundo dia da EXD’11 com o positivismo no máximo para receber mais uma injecção de pura criatividade sob a forma de debates, exposições e muitas outras atracções.

Hoje vamos andar por sítios tão icónicos como a Avenida da Liberdade, a praça da Figueira ou o
Chiado, que nos mostra que a EXD’11 além da paragem obrigatória para todos os amantes do design é também uma maneira perfeita de fazer um passeio por Lisboa cheio de estilo.

Hoje o nosso directo começa logo às 11 da manhã … não perca!

EXPERIMENTA DESIGN 2011 EM DIRECTO | DIA 01


23.30 Colors

E quem aproveitou a Experimenta Design, mais precisamente este fantástico Lounge, para celebrar os seus 20 anos foi a revista Colors.

Para festejar estes vigésimo aniversário, a Colors editou uma revista especial, com o nome Colector. Esta revista contem uma colectânea de histórias que revelam uma visão contemporânea e distintiva do acto de coleccionar.

Um tema que ligará perfeitamente com uma das exposições que veremos amanhã… estão curiosos? Não percam o dia de amanhã em que visitaremos três exposições ao longo da tarde…


22.30 Lounging Space

Estamos agora no principal local de toda a bienal de Design de Lisboa: o EXD’11 Lounge que está instalado no antigo Tribunal da Boa Hora.

A esta hora está a acontecer a inauguração oficial do espaço, a visita das individualidades oficiais às várias exposições e instalações que animam e transformam este antigo e belíssimo edifício lisboeta na verdadeira sede da Bienal.

O ambiente está para além de animado e as várias pequenas exposições que enchem as salas do Antigo Tribunal da Boa Hora fazem com que este seja o sítio perfeito para visitar no fim da noite…


20.00 Fernando Brízio: Exposição Desenho Habitado

Chegámos à primeira exposição oficial do nosso Experimenta Design 2011: “Fernando Brízio - Desenho Habitado”.

Deste que é provavelmente um dos nomes mais conhecidos do design Português, chega agora ao Antigo Convento da Trindade uma exposição retrospectiva de toda a sua obra.

Muito mais do que uma mera mostra de criações do designer, esta exposição é uma verdadeira biografia da vida profissional de Fernando Brízio que nos chega através das suas inúmeras criações.

Aqui encontramos múltiplos formatos como animações, desenhos originais, catálogos, fotografias, maquetes, moldes e modelos e, claro, objectos da autoria do designer num horizonte temporal, que vai desde os seus tempos de estudante na Faculdade de Belas Artes de Lisboa, até às suas criações mais recentes.

O espaço é digno de uma visita … e a exposição é digna de ter honras de abertura na EXD’11, pois é uma excelente forma de ficar a conhecer melhor um dos nomes maiores do Design Nacional, e o seu percurso de qualidade e ultra-alternativo. Um absoluto Must See …

A seguir rumamos ao centro nevrálgico da Experimenta Design – o Lounging Space – que (depois de uma pequena pausa para jantar pelo caminho) vai ter às 22.30 a Sua inauguração … e nós vamos estar lá para trazer aqui tudo em directo … tudo com muito Design … que por estes dias é como quem diz … com muito estilo!


17.00 Conferências de Lisboa: D. Manuel Clemente

A conferência de inauguração foi uma conferência dada pelo historiador, pensador e teólogo D. Manuel Clemente, Bispo do Porto.

De forma mais ou menos surpreendente, esta escolha de um primeiro orador (que não é um Designer) marca uma posição bastante forte: o Design não é um território exclusivo de profissionais, mas sim uma disciplina que nos diz respeito a todos!

Esta também é uma ideia que defendemos aqui no … And This is Reality diariamente.

O Bispo D. Manuel prendeu a sua audiência do princípio ao fim com um conjunto de perspectivas sobre a utilidade, viajando por várias décadas para o fazer e ilustrando-as com vários paralelismos.

A seguir vamos já para a abertura da primeira exposição a inaugurar nesta semana inaugural da Experimenta Design 2011, e que estamos a acompanhar em Directo e em exclusivo para os nossos leitores.

Da Avenida da Liberdade rumamos ao Chiado … venham connosco e ficam a saber tudo …


16.00 Conferências de Lisboa: a Abertura

Já estamos em pleno Teatro São Jorge, para a abertura oficial da EXD’11.

Com a plateia já composta, a mesa já preenchida e os convidados e imprensa já presentes, está pronta para começar a primeira das 4 Conferências de Lisboa que vão acontecer entre hoje e Sábado. O primeiro convidado é D. Manuel Clemente Bispo do Porto.

A curiosidade de ouvir esta personalidade da vida nacional falar sobre um território que lhe é menos habitual, está a pautar o ambiente … vamos entrar e ouvir a conferência e já voltamos aqui para dar conta do que aqui se vai passar … volte também e fique a saber tudo com este nosso Experimenta Design 2011 em Directo! Até já …


Chegou finalmente o primeiro dia da semana inaugural da Experimenta Design 2011, e nós no … And This is Reality já iniciámos a nossa (e vossa) cobertura em directo e em exclusivo para a blogosfera nacional.

Para esta missão não podíamos despender de uma companhia essencial: o Samsung Notebook Series 9!

Este Samsung é mesmo um must-have na nossa cobertura, já que a sua incrível leveza é perfeita para estas voltas pelos vários sítios por onde passaremos hoje, amanhã, sexta sábado e domingo, e a sua rapidez fará com que todos os conteúdos estejam à disposição dos nossos leitores o mais em tempo real possível!

Temos tido uma experiência com este notebook que nos tem convencido ... e que temos a certeza que convence qualquer um ... para já ... concentremo-nos noutras experiências de design - a Experimenta Design 2011 em Directo!

Dentro de algumas horas (mais propriamente por volta das 16.00) estaremos de volta com mais novidades ...

PASSATEMPO ... AND THIS IS REALITY/FEIYUE


Hoje chega ao … And This is Reality um passatempo com uma forma muito peculiar, e até um pouco assustadora …

A marca de calçado Feiyue vai lançar a sua nova campanha “Attack of the Werewolf”, e não o quer fazer sem a companhia dos nossos leitores. É por isso que, a Feiyue e o ... And This is Reality, se uniram e lançamos este passatempo que começa hoje (o primeiro dia do nosso Experimenta Design em Directo e segue até ao final do nosso ModaLisboa Transfusion em Directo que começa já na próxima semana).

É uma iniciativa que vai perdurar ao longo dos nossos próximos dois directos ... como que a premiar a adesão que os nossos leitores têm a este tipo de formato que lançámos em exclusivo aqui no ... And This is Reality!

A mecânica é muito simples. Ver o pequeno vídeo acima, e dizer-nos:

O que vai acontecer a seguir?

   a) O lobisomem tenta roubar os ténis Feiyue da cheerleader, e ela tem de lutar contra ele para os recuperar;

   b) A cheerleader e o lobisomem entram numa dance battle, que o lobisomem acaba por ganhar com o seu fantástico Moonwalk;

   c) A cheerleader e o lobisomem acabam a noite numa festa de máscaras onde dançam juntos toda a noite;

   d) Aparece a lua cheia e a cheerleader transforma-se também numa lobisomem, desaparecendo depois floresta a dentro com o lobisomem


   e) O lobisomem persegue a cheerleader pela floresta, até esta se aperceber que ele está com os seus ténis Feiyue preferidos e apaixonar-se por ele.

Para quem acha que sabe a resposta a esta pergunta basta enviá-la para o nosso email - andthisisreality@gmail.com. Os primeiros 10 emails com a resposta certa (e atenção que o melhor será não desistir, pois a resposta certa não é necessariamente a mais evidente ... por isso toca a tentar), passarão à próxima fase do passatempo, que será mais uma pergunta, no dia 10 de Outubro.

O prémio deste passatempo é claro, uns fantásticos ténis da muito trendy Feiyue ... e à escolha do vencedor ou da vencedora!!!

Para todos os leitores do … And This is Reality, não tenham medo do lobisomem! Participem no passatempo! ... e acompanhem os nossos directos ... já a partir de amanhã começa esta Maratona de Estilo, em directo e em exclusivo aqui no nosso e vosso blog!

EXPERIMENTA DESIGN 2011 EM DIRECTO | DIA 0


Chegámos finalmente ao dia mais esperado por todos os amantes do design, e seguidores assíduos do … And This is Reality, que mal podem esperar pela cobertura em directo que começa já amanhã. É a grande véspera do maior acontecimento do design em Português – é o Dia 0 da Experimenta Design de 2011.

E como amanhã entramos de cabeça no mundo da Experimenta Design 2011, não podíamos deixar de falar aqui de alguns “básicos” da EXD’11, para preparar o terreno e dar algumas informações preciosas a todos os que estão ansiosos pelo dia de amanhã.


Para começar, para quem não sabe “Useless” é o tema da bienal de 2011. Sim, a EXD’11 vai-se basear em inutilidade, mais precisamente na presença desta em objectos e construções do dia-a-dia. E claro, desafiar os seus visitantes a construir as suas opiniões sobre a (in)utilidade dos objectos em questão.

Um tema pouco comum, sim. Mas se fosse para ser comum ou vulgar a EXD’11 não seria um acontecimento sem comparação no mundo do design Português.


E para integrar o tema “Useless”, temos as exposições: “Sidelines”, sobre colecções que vai ter vários pólos (Museu Geológico, Museu da Farmácia, Biblioteca Camões, Museu de São Roque, Museu do Teatro Romano e Museu das Artes Decorativas); a exposição “Utilitas Interrupta”, no Jardim das Amoreiras e Mãe d’Água; e “Useless?” no MUDE.

Também outros formatos integrarão a EXD’11: o lançamento do livro “Useless – The EXD’11 Reader”; as Intervenções Urbanas “Redundância”, uma crítica à repetição que pode ser encontrada na Praça da Figueira; a apresentação do projecto “Action for Age”.


A primeira exposição a ser inaugurada na EXD’11 será “Fernando Brízio: Desenho Habitado”, e é uma verdadeira homenagem a este que é provavelmente o maior nome do design Português.

Deixamos aqui o calendário completo da semana inaugural da EXD’11

QUARTA-FEIRA, 28 de Setembro
16.00_Conferências de Lisboa
19.00_Exposição: Fernando Brízio: Desenho Habitado
22.30_Lançamento: Useless – The EXD’11 Reader
Inauguração: Lounging Space

QUINTA-FEIRA, 29 de Setembro
11.00_Open Talks: Fluxos de Informação
15.00_Conferências de Lisboa
18.00_Intervenções Urbanas: Redundância
21.30_Exposição: Sidelines
24.00_Festa: LuxFrágil EXD’11

SEXTA-FEIRA, 30 de Setembro
11.00_Open Talks: Arquitectura Use-Less
15.00_Conferências de Lisboa
22.00_Exposição: Utilitas Interrupta

SÁBADO, 1 de Outubro
11.00_Open Talks: Design Do-It-Yourself
15.00_Conferências de Lisboa
18.00_Apresentação: Action For Age
22.00_Exposição: Useless?
24.00_Festa: Block Party

DOMINGO, 2 de Outubro
12.00_Open Talks: Ex-Muros


O Lounging Space deste ano da Experimenta Design (o sempre inovador centro nevrálgico de toda a beinal) será no Antigo Tribunal da Boa Hora, e após o dia da inauguração ficará aberto ao público, prometendo um ambiente animado e muitos eventos, para animar os seus visitantes nos próximos 2 meses.

Mas para todos os leitores, não se esqueçam que estes são apenas os básicos da Experimenta Design de 2011. A partir de amanhã começaremos a e emitir em directo todos os pormenores da bienal à medida que estes são vistos pela primeira vez. Os nossos leitores terão acesso aos eventos e seus conteúdos em tempo tão real, quanto as pessoas da assistência.

Uma cobertura a não perder, em directo do coração do design Lisboeta, aqui no … And This is Reality!

ARQUITECTURA MÓVEL






Nesta semana em que o nosso Experimenta Design 2011 em Directo vai dominar as atenções já a partir de Quarta-Feira, hoje trazemos uma arquitectura muito peculiar - a Makery.

Nascida de uma paixão pela gastronomia e pela culinária, esta carrinha foi transofrmada por Anne Lekker numa Mobile Bakery (ou pastelaria móvel) - a Makery.

Entre um estilo naïf e o funcionalista, esta obra de arquitectura é no mínimo peculiar e curiosa. Com o engenho aguçado pela experiência, com a criatividade estimulada pela vontade de criar um projecto únicos, esta obra resulta num objecto arquitectónico e funcional único e bastante estimulante.

Com a qualidade formal como pedra basilar e a iconografia popular como identidade projectual, esta Makery é uma obra sofisticadamente informal.

Nesta semana em que o nosso Experimenta Design 2011 em Directo vai marcar o nosso estilo (e a pouco mais uma semana da próxima ModaLisboa em Directo ... que começa já no próximo dia 6 de Outubro - 5ª feira da próxima semana), este é um exemplo de arquitectura que reequaciona os limites entre esta arte e o design ... e de uma maneira intrigante e qualificada!

A ARTE DA MÚSICA COM ELECTRODOMÉSTICOS - MAIS UM DESAFIO SIM


Na semana em que vamos começar mais uma maratona em de estilo em Directo, com o nosso Experimenta Design 2011 Em Directo, a Samsung volta à ribalta da criatividade nacional.

Desta vez é através da música que a Samsung junta a tecnologia com a arte no aclamado movimento SIM. E o artista que o conseguiu foi o músico português Noiserv.

O movimento SIM juntou o músico a um telemóvel, um tablet, uma cama de filmar, um microondas, uma impressora, um aspirador e mais alguns electrodomésticos do dia-a-dia. O resultado foi uma surpreendente junção de uma palete de sons e sonoridades com a voz única de Noiserv.

A Samsung vai continuar a mostrar como a arte está até nos objectos mais improváveis, a o ... And This is Reality vai continuar a partilhá-lo com os seus leitores.

TECNOLOGIA+CONFORTO=JOGG JEANS


Mais uma vez, nesta semana marcada pelo nosso Experimenta Design 2011 em Directo trazemos um artigo de moda (a dar já a nota para o nosso directo da próxima semana - o ModaLisboa Transfusion em Directo) que combina duas características essenciais do design - inovação e função ... ou por outras palavras, tecnologia e conforto.

A Diesel chega-nos neste Inverno com uma invenção que vai revolucionar o mundo do denim. As Jogg Jeans.

As Jogg Jeans combinam o melhor de dois materiais: a malha e o denim. A sua estrutura entre o tecido e o tricotado, dá-lhe uma elasticidade de 360º. O resultado é a aparência de denim e o conforto de uma malha.

Uma invenção que vai certamente revolucionar o mundo denim.

DIET COKE REINVENTA-SE


Manter a embalagem de um produto que celebra este ano 125, não é fácil. Mas a Coca-Cola mostra como é possível com mais uma das suas edições especiais.

O projecto teve a assinatura do designer gráfico Turner Duckworth que pegou no logótipo habitual da "Diet Coke",e usando apenas o D e o K criou esta embalagem que vem mais uma vez surpreender os fãs desta bebida.

A Coca-Cola diz que esta é apenas uma edição especial. Mas esperemos que tenha vindo para ficar!

É ou não é um excelente inicio de semana dedicada ao maior evento do Design em Portugal - a Experimenta Design?

Amanhã já estaremos em modo Experimenta Design 2011 em Directo e traremos as primeiras novidades desta edição ... não perca e siga tudo em directo ao longo dos próximos dias (e com actualizações em directo dos locais dos eventos da semana) aqui no ... And This is Reality, em exclusivo e em directo para os nossos leitores!

EXPERIMENTA DESIGN 2011 EM DIRECTO | PASSEANDO PELA EXD'11


Está mesmo à porta a tão esperada bienal de design de Lisboa, a EXD’11, onde o … And This is Reality irá fazer mais uma das suas tão bem sucedidas coberturas em directo - a Experimenta Design 2011 em Directo.

Como sabemos, em qualquer exposição ou evento, uma parte muito importante do que o torna inesquecível é a sua localização, e nesta questão a Experimenta não olhou a meios, trazendo este ano atracções a vários dos sítios mais emblemáticos de Lisboa.

Mas a parte mais importante dos sítios por onde tudo vai andar, é que além de emblemáticos marcos Lisboetas, são também a oportunidade perfeita para fazer um passeio a pé pela zona histórica da cidade. Para tal sugerimos 3 itinerários.


O primeiro começa com o Museu das Artes Decorativas Portuguesas no Palácio Azurara, bem no topo de Alfama, num largo cuja vista tem poucas comparações por Lisboa, o Largo das Portas do Sol.

Este museu, que normalmente alberga importantes colecções de mobiliário, tecelagem, baixelas de prata, porcelanas e pintura que vão desde o séc. XV ao séc. XIX, vai receber nos próximos tempos a exposição “Sidelines”, que analisa o acto de coleccionar, nomeadamente a sua utidade.


E não é preciso descer muito para chegar ao segundo ponto deste passeio: o Museu do Teatro Romano fica mesmo ao lado da Sé de Lisboa.

Num edifício que data desde os anos 1600, com exposições arqueológicas que nos mostram como em tempos a baixa lisboeta foi o berço da cidade Felicitas Iulia Olisipo, está mais um núcleo da exposição “Sidelines”.


Depois de seguir mais uns metros a linha do eléctrico 28, cruzando a famosa Rua Augusta, chegamos ao MUDE – Museu do Design e da Moda.

Aqui poderá ser encontrada a exposição “Useless?”, que como diz o nome, desafia os seus visitantes a aferir a utilidade (ou ausência da mesma) dos vários elementos expostos. Esta será certamente uma crítica a muitas das coisas que encontramos diariamente no mercado.


E o primeiro passeio acaba em mais um ponto histórico: a Praça da Figueira.

Nesta praça estarão membros de cinco estúdios de design gráfico que foram convidados a criar intervenções urbanas sob o tema Useless. E claro, vale a pena acabar este passeio com um bolo na Confeitaria Nacional!


O segundo itinerário que sugerimos afasta-se um pouco da icónica baixa lisboeta, mas não perde nenhum ponto por isso. Começa com a dupla Fundação Arpad Szènes-Vieira da Silva e Mãe D’agua, no jardim das Amoreiras.

Aqui podemos encontra a exposição "Utilitas Interrupta” que se propõe a examinar de perto obras infraestruturais que num dado momento foram de importância vital e que jazem esquecidas.


Seguindo o passeio, vai ser preciso começar a enveredar pelas ruas do Príncipe Real, para chegar à próxima paragem: o Museu Geológico.

Este é referido pelos especialistas como o “Museu dos Museus” pela sua singularidade de apresentar referências museológicas do século XIX, pela sua disposição, mobiliário e características espaciais.


E agora será preciso subir um pouco, até aos lados do Bairro Alto, perto do famoso miradouro de Santa Catarina, esta o Museu da Farmácia.

Aqui além de poder ver reconstituições de autênticas farmácias portuguesas desde a antiga botica do século XVIII, até à Farmácia Liberal do início do século XX, encontramos mais um núcleo da colecção “Sidelines”.


Acabamos o nosso segundo passeio cruzando-nos mais uma vez com o mítico eléctrico 28. Na calçada do Combro, encontramos a Biblioteca Camões.

A Biblioteca ocupa o Palácio Valada-Azambuja ou Palácio dos Condes de Azambuja, e é mais um foco da exposição “Sidelines”.


E quem quer fazer o seu passeio pelo icónico Chiado pode escolher o nosso terceiro percurso, que começa no Museu de São Roque, no largo com o mesmo nome.

Aqui encontramos a ricamente decorada e admirável Igreja de São Roque que está anexada ao Museu, integrando no seu património o Tesouro da Capela de S. João Baptista, e mais algumas peças da exposição “Sidelines”.


Basta andar uns metros para chegar à próxima paragem, o Antigo Convento da Trindade.

Além de ser uma belíssima construção, este antigo convento alberga a livraria Barateira Lda., uma paragem a não perder, e a exposição do famoso designer Português “Fernando Brízio: Desenho Habitado”.


Mais uns metros, descendo até ao largo do Carmo, está o Museu Arqueológico do Carmo.

O primeiro Museu português de Arte e Arqueologia, instalado nas Ruínas da antiga Igreja do Carmo onde pode ver mais uma colecção da exposição Sidelines.


Agora claro é só acabar o passeio em grande no Lounging Space da EXD’11, no Tribunal da Boa Hora a relaxar e apreciar mais algumas actividades da bienal.

E aqui ficam as sugestões de passeios para aproveitar ao máximo a EXD’11 e os locais fantásticos por onde vai passar este ano. A bienal fica pelas ruas de Lisboa por dois meses por isso faça estes percursos sem pressa … até dá para repetir!

Para todos os leitores ainda indecisos de qual fazer primeiro, pode acompanhar a cobertura em Directo no … And This is Reality que começa já na próxima quarta-feira.

REALITY PROFILE | PETER DANCKAERTS


Durante a loucura que foi a Vogue Fashion's Night Out, onde o ... And This is Reality teve a fazer uma cobertura online, tivemos a oportunidade de conhecer uma das pessoas que torna possível o estilo G-Star RAW chegar a Portugal - Peter Danckaerts.

Depois de se ter licenciado em Direito, Peter Danckaerts viu o seu caminho a enveredar para o mundo da moda. Estávamos no ano de 1989. Desde então que trabalha na internacional bilionária G-Sart Raw, hoje em dia no cargo de director de vendas de Península Ibérica.

Gosta de viajar, de descobrir novas culturas e filosofias. Considera-se uma mente aberta, o que contribui bastante para a filosofia da própria G-Star, onde gosta de trabalhar porque todos os dias são um desafio, entre outras razões, claro.


Deve ser uma responsabilidade enorme, dirigir um grande departamento de uma marca luxuosa de denim como a G-Star, deve tê-lo moldado bastante?
Enquanto crescemos como uma empresa internacional, as responsabilidades acumulam-se … é verdade que às vezes todas as responsabilidades caem em cima de nós. Senti isso sobretudo quando em 1996 entrámos no mercado internacional, foi o nosso primeiro teste … os Estados Unidos, o Japão e muitos outros mercados estavam a descobrir a G-Star, a responsabilidade era muita!

Para chegar ao cargo do diretor de vendas, deve ter um segredo, à parte do trabalho árduo é claro, qual é esse segredo? A paixão pela moda ou antes o olho para os negócios?
Acho que a moda é um fenómeno sociológico, é como preparar uma refeição, precisas dos ingredientes necessários para a confeccionar e precisas de pensar, para pensar precisas de observar o mercado. Tens que perceber o seu humor, o seu ambiente económico e político, perceber o que as pessoas pensam, o que mexe com elas, o que as faz escolher uma marca em detrimento de outra, precisas de ouvir o mercado e fazer o melhor dentro daquilo que fazes.

Ouvindo o mercado português … cerca de um ano e meio atrás, abriram a vossa primeira loja em Lisboa, de que forma o mercado tem estado a responder a esta aventura?
Acho que uma das forças da G-Star é ser uma marca que torna as suas colecções numa experiência completa para o consumidor. Este posicionamento num ambiente de monobrand store, dá a oportunidade de mostrar quem é que tu és na realidade, permitindo criar uma aura à volta da marca. Quando o consumidor entra nas lojas G-Star, sente que vai encontrar algo de novo, vai encontrar o detalhe. Treinamos os nossos colaboradores para a importância e o valor que o detalhe representa para a marca, queremos surpreender com pormenores e sentimos que os portugueses gostam disso.

Como são os portugueses enquanto consumidores?
Em geral, penso que são consumidores muito leais, esperam um serviço exemplar, são exigentes, querem ser bem tratados e informados. O nosso target situa-se entre os 22 e os 45 anos de idade, são pessoas que sentem a qualidade e vêm o detalhe dos nossos produtos. Temos expectativas muito elevadas para o mercado português, queremos entrar com os nossos produtos, com o nosso estilo, deixar as pessoas descobrirem-nos passo a passo e nos tempos que correm é sem dúvida óptimo ter clientes leais.

Na sua opinião quais são os aspectos positivos dos consumidores portugueses? São demasiado "picuinhas", conservadores, acha que têm mente fechada?
Em geral sim, os portugueses não são muito extrovertidos, mas se são levados para uma loja e recebem um serviço adequado às suas necessidades, tornam-se clientes muito fiéis. O consumidor pode e deve ser exigente, a partir do momento em que se estabelece um preço, as expectativas têm que corresponder. Acho que os portugueses vestem-se muito bem, estão cada vez com melhor aspecto. São muito criativos e possuem um sentido de estilo excelente.

Porque acha que Portugal, e sobretudo Lisboa, ultimamente tem tido cada vez mais atenção das marcas internacionais? Desde que a G-Star abriu aqui a sua primeira loja, muitos têm seguido o exemplo.
Bem, acho que isto acontece porque Lisboa é uma cidade muito interessante e as marcas podem aprender com o mercado português. Quando as pessoas têm acesso, conseguem providenciar feedback e inspirar as empresas, para que estas percebam o que está a acontecer no mercado. A G-Star gosta das combinações proibidas, gostamos de experimentar, as pessoas inspiram-nos, Nova Iorque, Milão e Lisboa inspiram-nos e nós gostamos de misturar estas inspirações criando novas ideias.

Voltando a si, sendo um consumidor masculino ... e os consumidores masculinos são por norma mais racionais ... tendo em conta a sua paixão pela moda considera-se um fashionisto?
Absolutamente que não! Não sou um fashionista, aprecio produtos bonitos, adoro alfaiataria por exemplo Cesare Attolini – para mim é o melhor que há, o seu trabalho artesanal é muito simples e extremamente bonito. Não gosto muito de comprar nas lojas, esse tipo de consumismo já não me inspira como outrora.

O Peter trabalha na indústria da moda e qualquer um que trabalhe na indústria tem que tratar da sua imagem, de que forma trata a sua?
É importante ter um certo estilo, o teu estilo particular, como é o teu estilo é totalmente secundário, o mais importante é sentirmo-nos confiantes e termos um estilo que reflicta a nossa alma, os nossos defeitos e as nossas virtudes.

Os valores da G-Star são os seus próprios valores ou os seus valores são os valores da G-Star.
Se os meus valores são os valores da G-Star? Estão em pé de igualdade sim, sinto-me muito identificado com a nossa empresa porque os nossos valores reflectem-se nos produtos que fazemos.

Qual é o seu sonho? Paz no Mundo não conta!
Não, paz no mundo não seria demasiado chato (risos) sei lá … gosto muito de viajar. Quando ficamos mais velhos é bom olharmos para trás e sentirmo-nos satisfeitos com tudo o que conseguimos profissional e pessoalmente. Um sonho … seria óptimo com um estalar dos dedos descobrir o mundo durante um ano, talvez pedalando a minha bicicleta, e depois voltar ao trabalho como se nada tivesse acontecido, porque mesmo quando amamos a nossa profissão, por vezes sabe bem, estar a sós com a nossa vida!