VIAGEM DE VERÃO EM DIRETO 2015 | RUMOS DO SUL - DIA 15


10.00 DESPERTAR NO PARAÍSO ... DE NOVO

Não nos conseguimos cansar de acordar neste Jankok Lodges.

Com os seus jardins perfeitos, as cuas cabanas impecavelmente decoradas, os seus detalhes de arranjos pisagísticos exímios e a sua calma relaxante, este é sem dúvida um dos paraísos na terra ... e nós temos a felicidade de acordar aqui!

Foi um segundo início de dia perfeito!


11.00 A PRAIA DAS CARAÍBAS

Sendo o segundo dia que vamos à praia aqui na ilha de Curaçao, decidimos hoje ir para uma outra praia um pouco mais deserta, mas mais paradisíaca ainda: a Praia Cas Abou.

Localizada um pouco mais a Oeste da Ilha, esta praia está ainda mais longe de Willemstad e como tal mais deserta. A sua condição mais exclusiva torna-a ainda mais bela sossegada e mais cara (aqui as praias são todas pagas ... mas o serviço tem incluído guardas no parque, sombrinhas ou palhotas e camas).

Com as suas palmeiras e couqueiros, as suas palhotas, a sua areia branca e as águas ainda mais turquesa que a praia do dia anterior, este foi um verdadiro paraíso do caribe que viemos descobrir e disfrutar nesta segunda manhã nesta ilha caribenha.


16.00 A FÁBRICA DO CURAÇAO

Depois de uma abrasaora manhã de praia e de um almoço ainda lá, alguns de nós decidimos rumar a outras paragens (enquanto outros ficam com o seu dia de praia descansado) ... e pegamos no carro, rumamos a casa, tomamos um duche e dirigimo-nos à parte alta da cidade de Willemstad.

É aqui que vamos encontrar a fábrica do produtomais conhecido desta ilha: a Fábrica do Licor Curaçao. Este licor, feito à base das laranjas trazidas pelos descobridores, temperado por especiarias e fermentado com a cana do açucar, é um verdadeiro ex-libris da ilha.

A sua fábrica, discreta, mas muito bela e bucólica, recebe-nos com uma serenidade e uma simplicidade, digna dos locais míticos que se podem visitar nesta prte do mundo.

A grande surpresa desta visita está reservada para o final: uquando se termina a breve e exclarecedora e muito curiosa visita à fábrica, sentamo-nos no bar para degustar um cocktail de Blue Curaçao. Qual não é a nossa surpresa quando a emregada deste bar nos atende em português. Cidália de seu nome, é madeirense, vive nesta ilha há mais de 10 anos e trabalha aqui diariamente como bar woman oficial do bar da Fábrica de Curaçao.

O Cocktail estava uma delícia, o atendimento teve aquele toque de simpatia que só os portugueses conseguem dar e o momento foi muito agradável, como só os grandes momentos conseguem ser ...


17.30 O BAIRRO DE PUNDA

É logo de seguida que nos dirigimos para o mítico Bairro de Punda.

Coração da capital de Curaçao, este bairro, cuja sua frente de baía está classificada como património Universal pela UNESCO, é um dos bairros mais antigos de todas as caraíbas. Com edifícios que remontam ao século XVII, este é o centro de toda a cidade de Willemstad. Charmoso, colorido, popular e turístico q.b., este bairro combina lojas de grandes marcas internacionais (nas suas ruas e largos principais), com as lojas mais castiças e populares da cidade, conseguindo assim agradar a turistas e locais, misturando-os de forma saudável e muito interessante.

É uma das zonas urbanas mais interessantes de toda a ilha, sem qualquer dúvida!


18.00 O MERCADO FLUTUANTE

É num dos braços da Baía de Willemstad, limítrofe do Bairro de Punda, que está o mercado mais popular e mais interessante de Willemstad: o Mercado Flutuante.

Este mercado concentra nos seus cais um conjunto de bancas de venda de fruta e hortícolas mais caractrístico de todas as caraíbas. Os seus vendedores são habitantes de outras partes da ilha que aqui rumam todos os dias à tarde para venderem os produtos que cultivam nas respetivas propriedades ... e vêmm de barco. Assim na frente de cada barco atracado está uma banca com os respetivos produtos, criando assim uma frente de cais que se transforma num conjunto de sabores, cheiros, cores e formas, bastante tropicais.

Castiço, popular e muito animado ... são os três adjectivos que nos ocorrem sobre este momento do dia!


19.30 O JANTAR NO FORTE

Depois de comprar umas frutas no mercado, dirigimo-nos à frente do bairro de Punda e atravessamos o estuário da Baía de Willemstad para o lado do bairro da Otrabanda.

É aqui que nos sentamos e que, de novo já todos, tomamos um copo de fim de tarde, a apreciar o pôr do Sol de novo a reflectir-se nas fachadas coloridas do histórico Bairro de Punda. Mas depois deste final de tarde perfeito e relaxante rumamos até ao final do passeio e entramos no histórico e muito peculiar Rif Fort. Esta antiga fortaleza, de defesa da cidade dos famosos e temidos piratas das caraíbas, esta hoje não só classificada como Património Universal da Humanidade, pela UNESCO, como também repleto de restaurantes e pequenos bares ... e é aqui que jantamos calmamente e terminamos o nosso dia de hoje.

Foi um dia que começou na praia mas acabou na cidade ... e acabou mais cedo ... porque amanhã o programa é apertado e intenso!

0 Reality Comments: