VIAGEM DE INVERNO 2020 EM DIRETO | GIRO AL NORTE - DIA 1


A PARTIDA

O dia da partida desta nossa primeira Viagem de Inverno chegou e portanto foi hoje logo pelas 08:30 da manha que o nosso Giro al Norte começou. Como quase todas as nossas viagens, esta também começou por uma ida até ao aeroporto de Lisboa, onde apanhámos o voo da Ryan Air com destino a Bergamo.

Apesar de esta ser a maior companhia aérea low cost do mundo, com todos os extras que cobra, o preço dos bilhetes fica sensivelmente ao mesmo preço da viagem numa companhia normal ... mas quando estamos a programar a viagem e a fazer o respectivo orçamento, nao resistimos aos preços baixos. Somos de facto sensíveis aos truques do marketing.




A BELA CIDADE DE VERONA

Depois de um voo bastante clamo, com um serviço regular chegamos ao aeroporto de Bergamo, onde rapidamente conseguimos levantar o carro da rent a car que escolhemos... e fazemos-nos à estrada. Ainda em plena autoestrada paramos numa estação de serviço e matamos a nossa fome (que já era bastante, ou não fossem quase 15h locais) com umas focaccias e uns snacks. É quase um crime num país com tanta riqueza gastronómica almoçar uma comida tão de plástico ... mas estávamos sem tempo para chegar ao nosso primeiro destino de hoje: a bela cidade de Verona.

Esta cidade, já dentro da região de Venetto´foi imortalizada pela icónica obra de William Shakespear Romeu e Julieta ... e é exactamente a suposta casa de Julieta que é a nossa primeira paragem. Chegamos já de noite a esta simples, mas bonita casa veronesa. Aqui a estrela é a estátua da Julieta (que não há turista que não tire uma foto com ela) e a famosa varanda de onde namorou o seu Romeu.

Já o interior da casa não tem grande história, pois apesar de ser uma casa antiga, os seus interiores estão bastante despojados e a visita em si não tem grande interesse. Fica a curiosidade de ter visitado o local e a belísisma varanda.

Depois desta visita (que é bastante rápida), damos ainda uma volta pelo centro histórico da cidade, onde vemos a nobre Piazza Delle Erbe, a imponente Torre Dei Lamberti, a também bonita Piazza Dei Signori, e a discreta Casa de Romeu. Este pequeno passeio (já de noite) pela cidade deu-nos uma boa ideia da beleza discreta e subtil da cidade. Foi uma pequena cidade, com alguma importância e alguma nobreza, que está bem conservada, quer nos seus edifícios, quer nos monumentos, mas essencialmente no seu charme.



O JANTAR EM MÂNTUA

Mas depois do passeio nocturno por Verona, voltamos ao carro e à autoestrada, para irmos até Mântua e ao discreto, mas interessante restaurante Casa de Ferrucci. Este restaurante, onde jantámos hoje está situado nos arredores da cidade de Mântua (não deixar de entrar na cidade e fazer a ponte fronteira ao imponente castelo quinhentista) numa pequena vila - Rivalta Sul Mincio.

O espaço é moderno e sofisticado sem ser pretensioso, a simpatia do serviço é a inquestionável, a carta é interessante e a comida é correcta. Sim apenas correcta. Não estava mal feita, mas nao houve nada que nos arrebatasse. Excepção feita a uma sobremesa de dois salames (um de doce de leite e outro de chocolate negro) com creme de ovos e natas (suberbamente leve). O vinho, já foi outro campeonato, pois apesar de ser o vinho da casa, era excepcionalmente aromático e super frutado, mas levíssimo e cheio de nuances na boca.

Já o preço foi de facto o correcto, pois com entrada, prato, sobremesa e vinho e cafés, pagámos menos de 30 euros por pessoa.

É depois deste repasto (que mais conversa, menos vinho) demorou cerca de três horas, que voltamos à estrada e rumamos ao nosso hotel de hoje: o hotel Aline em pleno centro histórico de Florença. Sim vamos dormir nesta mítica cidade, pois amanha o nosso dia vai ser entre alguns dos monumentos mais célebres de Itália, da Europa e do Mundo. Mas do hotel e de Florença falaremos amanhã!

0 Reality Comments: