ROTA DOS MAHARAJAS EM DIRETO | DIA 11


09.00 O Hotel Senhorial

Acordar no Umaid Bawan de Jaipur é algo bastante diferente de acordar num simples hotel.

Com quartos de dimensões gigantescas (comparativamente com os quartos de hotel conteporâneos), com uma ambiente hiper trabalhado em todos os espaços (sejam quartos, corredores, pátios ou a piscina), e com a tranquilidade de estarmos num bairro longe do trânsito caótico da cidade, mas ao mesmo tempo junto ao centro histórico da mesma, é um verdadeiro luxo.

O hotel é mais do que tudo, muito característico de uma região de trabalho arquitetónico de detalhe e orgânico ... podendo-se mesmo dizer que é um pequeno hotel de charme, bem situado e excelente para sentir o expírito de Jaipur!


10.00 As Primeiras Impressões de Jaipur

Tendo chegado ontem à noite, apenas hoje de manhã podémos tirar as primeiras impressões desta capital do estado do Rajastão.

Com um trânsito tão caótico como as anteriores, mas menos agressivo do que a capital Delhi, Jaipur faz juz ao nome "cidade cor de rosa". Não só porque as principais ruas da sua cidade muralhada são pintadas de facto de um rosa mágico e magnético, como também todo o ambiente da cidade é romântico, afável e bastante suave.

Pontuada por palácios e por belas construções todas trabalhadas, e, pela primeira vez nas ruas, por camelos, elefantes e (as sempre presentes) vacas, obviamente misturadas com o trânsito de pessoas, automóveis, bicicletas, carrinhos de mão, motas e todo o tipo de veículos que se possam imaginar ... esta cidade é a porta de entrada perfeita para a nossa viagem pelo Rajastão ... que é, afinal, a terra dos Maharajas!


11.00 A Subida de Elefante

A nossa primeira visita deste dia é o famoso Forte Âmbar, mas decidimos fazer o que todos os turistas fazem ... só desta vez ... e porque nos pareceu bastante divertido: subir até ao forte de Elefante.

Saímos do nosso carro, e dirigimo-nos para a zona onde estão alguns elefantes. Pagamos a viagem ao tradador/condutor do elefante e entramos numa plataforma almofadada e começamos a subida.

A vista é absolutamente deslumbrante, o passo tranquilo e pausado do elefante dá segurança e o percurso de subida até ao forte que fazemos garante um tempo de fruição desta experiência bastante bem doseado. Não é nem em demasia, nem de menos ... é exactamente o timing perfeito. Uma experiência, que apesar de muito turistica, foi sem dúvida memorável!


11.30 O Forte Âmbar

Situado a cerca de 11 quilómetros a norte de Jaipur está o Fotrte Âmbar.

Construído entre os sec. XVII e XVIII, este impressionante palácio fortificado foi a residência de um dos mais importantes Rajás que dminou esta região. Tendo uma arquitetura verdadeiramente de fusão entre a arquitetura palaciana hindu e muçulmana, a visita a este monumento tem a particularidade de dar livre acesso a todo o recinto.

Salas, corredores, antigas estrebarias, ameias, zonas de serviço, ou salões principais são todos acessíveis ... o que faz com que esta seja uma visita de descoberta e de mistério e exotismo. Só havia um salão que estava fechado: o Salão dos Mile Espelhos.

Este Salão, todo feito de estuque trabalhado, tem como principal particularidade entre cada trabalho de estuque está u pequeno espelho que refletia a luz das velas que faziam a iluminação deste salão ... tornando-o assim num local mágico. Sendo que não podemos entrar, a vista deste espaço dos corredores circundantes é absolutamente deslumbrante.


13.30 A Loja dos Tapetes

Saídos do Forte Âmbar decidimos ir a uma loja especializada em Textéis.

Aqui fomos recebidos por um simpático sicerone que nos perguntou no que estávamos interessados e nos levou diretamente à secção dos Textéis. Pelo caminho explicou-nos que esta era uma loja propriedade do estado, pelo que todos os produtos tinham garantia de qualidade e por outro lado o habitual regateio não é autorizado.

Subimos ao terceiro andar e somos apresentados a uma coleção impressionante de tapeçarias de todos os estilos, formas e feitios ... e todas elas absolutamente irresistíveis.

Sendo nós os únicos ocidentais em toda a loja (pois a seguir demos uma volta por todas as secções de todos os pisos da loja) fomos o alvo de todas as atenções dos vendedores. O resultado foram três tapetes comprados e dois deles transformados no momento, adaptando-o ao nosso pedido específico.

Foi uma sessão de compras de luxo ... e que só trouxemos tapetes, porque o controlo foi muito ... pois a qualidade dos produtos e os preços acessíveis (e o regateio que afinal era possível ... apesar de não ser muito, sempre houve) faziam desta loja um problema financeiro e de excesso de bagagem sério!


15.00 O Almoço numa Jaipur Sofisticada

Depois das compras, o apetite já apertava e por isso atravessámos literalmente a cidade de Jaipur até ao outro lado e fomos almuçar ao muito requintado e moderno Anokhi.

Este restaurante, situa-se no terceiro andar de um edifício comercial de lojas de qualidade, e tem um ambiente bastante selecto. Frequentado apenas por uma classe média alta indiana, este café de comida rápida foi a solução ideal para uma refeição de apenas 30 minutos, que funde os sabores ocidentais com alguns ingredientes típicamente indianos.

Foi uma refeição calma e tranquila, que nos preparou para as visitas da tarde.


15.30 O Jantar Mantar

Chegados de novo ao coração da cidade velha de Jaipur, entramos no primeiro de três monumentos que planeàmos para esta tarde: o estranho e fascinante Jantar Mantar.

Este recinto tem um conjunto de construções (classificadas pela UNESCO como património universal da hmanidade) cujas funções era a previsão de eclipses, medição do tempo e observação astrológica. O exotismo destes instrumentos científicos, o fascinio que a sua escala nos causa e a beleza das suas formas geométricas são pontos fortes desta visita.

É um monumento que não deixa ninguém indiferente.


16.30 O Palácio Real

Mesmo no final do horário para a entrada nos monumentos (aqui em Jaipur os monumentos fecham meia-hora mais cedo que no resto da Índia) entramos no Palácio Real - o Palácio da Cidade de Jaipur.

Este magnífico complexo real, ainda hoje habitado pelo próprio Maharaja de Jaipur e pela sua família, tem uma parte aberta a visitantes.

Com vários pavilhões, pátios e coleções privadas visitáveis, este verdadeiro palácio de Maharaja é impressionante pela escala e pela sua bela arquitetura Rajastani.

Salas exuberantemente pintadas, edifícios cor de rosa com a tradicional arquitetura Jaipuriana e guardas reais que nos vão saudando à passagem, fazem desta uma visita única e que nos mergulha num paraíso de luxo e de ostentação.


17.30 O mítico Hawa Mahal

Saídos do Palácio Real dirigimo-nos então para rua principal em torno do Palácio Real e vamos então visitar o último monumento de Jaipur: o mítico Hawa Mahal.

Este edifício, utilizado pelas mulheres do Maharaja para observarem a rua envolvente do palácio, sem serem vistas pelo exterior, é uma autêntica jóia arquitetónica.

De um rendilhado de pedra e estuque sublime, pintados de um rosa vibrante e com uma estrutura arquitetónica labirintica e misteriosa, este verdadeiro símbolo de Jaipur e do Rajastão é de uma beleza inacreditávelmente perfeita.

O romantismo e a suavidade, o engenho e a perícia técnica, o simbolismo e a cultura arquitetónica e estética deste edifício são um pnto final perfeito nas visitas monumentais desta cidade romântica de Jaipur. Dando por finalizado o dia neste monumento, rumamos ao Hotel, para descansar e nos prepararmos para o último jantar em Jaipur.


21.30 O Jantar com Vista Sobre a Cidade

Foi já com noite cerrada que chegámos ao Peacock Roof Top Restaurant para o nosso jantar de despedida da bela Jaipur.

No topo de um hotel (o Pearl Palace), está um um terraço em dois níveis, com um ambiente muito chill out e repleto de gente jovem e muito cool.

Com um serviço correto e um menú indiano como deve de ser, escolhemos os primeiros caris verdadeiros nesta Rota dos Maharajas ... e correspondem totalmente ao pretendido. Bem confeccionados, saborosos, intensos e picante q.b., esta refeição no topo deste hotel, com este ambiente semi étnico, semi chill out, foi o encerramento perfeito para esta estadia em Jaipur.

0 Reality Comments: