ModaLisboa Together

Todas as novidades da moda nacional

Nova Edição Especial da BMW

O estilo com potência

ModaLisboa Together Edition

Jovens Criadores e mais consagrados ... trazemos aqui tudo!

Didier Foustino e o Luxo

A melhor Arquitetura Portuguesa em grande estilo

MARGIELA - THE HERMÈS YEARS


Falemos de Margiela e seremos automaticamente encaminhados para moda. Falemos de Margiela e seremos automaticamente lembrados de design de vanguarda, de décadas de reconhecimento. Hoje é de Margiela que falamos, e em março será muito mais do que apenas falar. De 31 de março a 27 de agosto de 2017, o Museu MoMu irá exibir pela primeira vez, as coleções desenhadas para a Hermès entre 1997 e 2003 pelo estilista belga Martin Margiela.


Esta exposição também explora a relação durante esses anos entre essas coleções e a sua própria marca, Maison Martin Margiela. A desestruturação inovadora e o luxo intemporal, os dois mundos do designer Martin Margiela são o ponto de partida da exposição ''Margiela - The Hermès Years''.


Quando a casa parisiense Hermès nomeou Martin Margiela como Diretor Artístico das coleções de vestuário pronto-a-vestir femininas em outubro de 1997, o fundador da Maison Martin Margiela já era conhecido há quase uma década como um dos designers de vanguarda mais influentes. O fato de Hermès, a joia da coroa do luxo parisiense, ter escolhido Margiela, um iconoclasta que desejava permanecer anónimo e até então nunca tinha dado uma única entrevista. A imprensa de moda especulou com veemência se Margiela aplicaria o seu idioma de desconstrução ao legado Hermès.


O trabalho de Margiela para a Hermès continua a influenciar o trabalho de muitos designers contemporâneos. Durante a Semana de Moda de Paris para o outono-inverno de 2016-2017, a imprensa internacional descreveu Martin Margiela, que se retirou do mundo da moda há mais de oito anos, como o "verdadeiro protagonista" da semana da moda.

NEW CRUSH: POLAROID POP


A Polaroid estreia a sua mais recente inovação que combina a tecnologia sem fios com a imagem clássica 3×4". A "Polaroid Pop" é uma reinterpretação moderna das icónicas fotografias instantâneas e é, ao mesmo tempo, uma homenagem ao longo legado da marca. A experiência tradicional da câmara digital possui um touchscreen LCD de 3,97 polegadas para enquadramento das fotos, um sensor CMOS de 20 megapixels, flash LED duplo para imagens de alta qualidade e capacidade de gravação de vídeo HD 1080p. Uma impressora de tinta integrada permite que os utilizadores imprimam fotos coloridas de 3×4" em pouco menos de um minuto.


A "Polaroid Pop" é conectável a um dispositivo móvel, transformando a câmara numa impressora fotográfica instantânea. Três modos de cores estão disponíveis: preto e branco, cor e sépia vintage. Estas possibilidades de cor dão aos utilizadores o visual clássico da marca, mas através da aplicação de impressão Polaroid, podem ainda adicionar filtros, adesivos digitais e efeitos às suas imagens.


Projetada em parceria com a Ammunition, a "Pop" tem uma estética simples e moderna, um corpo de câmara a jato preto é acentuada com um 'pop' de cor, ou um olhar monocromático, enquanto o botão do obturador vermelho garante aos utilizadores o controle fácil de usar que tanto conhecem e amam na Polaroid.

TRABALHAR EM CONJUNTO


Projetadas pelo estúdio Iratzoki Lizaso, as "Heldu" são mesas de escritório que surgem em diferentes módulos para proporcionar zonas de trabalho distintas e flexíveis, quer estejam mais juntas ou mais separadas.



Com a empresa de mobiliário francesa Alki como destino final, a coleção de mesas de escritório inclui produtos de carvalho e couro e prometem fazer a diferença num espaço de trabalho comum. As mesas partilhadas e os espaços de trabalho conjuntos são já uma realidade para muitas empresas, grandes e pequenas, pelo que todas as soluções para criar alguns limites e privacidade são mais do que agradecidas a quem as usa diariamente,



As "Heldu Working Tables" incluem divisórias móveis que permitem que as estações de trabalho sejam estabelecidas de forma rápida e eficaz, de acordo com os requisitos das pessoas. Fios elétricos correm ao longo do eixo numa bandeja de cabo de metal e aberturas de alimentação são escondidas por blocos de madeira e couro.



Uma lâmpada de mesa e arrumado também pode ser montada na cavidade, enquanto verticais partições de mesa completam a coleção e permitem que o espaço seja organizado em conformidade. Finalmente, no que diz respeito à escolha dos materiais, os acabamentos de carvalho e couro ecoam o reino de um escritório tradicional, enquanto ainda fornece uma camada contemporânea de design.

TECNOLOGIA QUE MUDA VIDAS


Quando se trata de tecnologia inovadora para os idosos, a mente salta para sapatos ortopédicos, para casas inteligentes e infra-estruturas de facilitação. Pode haver uma tendência o acomodar, promovendo uma vida estática ou sedentária, quando mais frequentemente a abordagem oposta é necessária. E nesse sentido, aparece o Superflex Powered Suit, uma colaboração entre o designer Yves Béhar e a Superflex, uma empresa de vestuário que recentemente se separou do Laboratório de Robótica da SRI Internacional.



O Superflex Powered Suit está recheado de motores, sensores e inteligência artificial, sendo apenas uma camada leve que age efetivamente como uma segunda pele de suporte de apoio aos movimentos. Os pequenos "músculos" electrónicos permitem que o fato forneça um suporte subtil e individualizado ao seu utilizador, respondendo e ajudando com movimentos tão simples como os de descer e subir o corpo para se sentar, o contrapeso e a mobilidade geral. Em vez de apenas fazer o trabalho por si, este fato dá-lhe a força e o apoio para fazê-lo por si mesmo.



Todos os centros de poder do fato estão alojados em conchas de baixo perfil de forma hexagonal cuja composição de tecido permite o movimento em três dimensões. Desta forma, o fato pode crescer ou encolher para satisfazer as necessidades do seu utilizador, e garante que o apoio que fornece é específico. Uma banda em forma de V abraça o corpo em pontos específicos, fornecendo o suporte necessário e maximizando a ergonomia. O produto promete ser elegante, minimalista e quase invisível. Pesando menos de três quilos, o potencial da tecnologia para mudar vidas é enorme.

A REBOQUE DE UMA AVENTURA


Esta unidade de reboque móvel foi construída por um casal do Mississippi, que queria levar a reboque a sua paixão pela aventura enquanto andassem na estrada.



A "Tiny Heirloom" foi concebida pela Tiny Heirloom, uma empresa baseada em Portland que constrói pequenas habitações sob medida. Esta residência de 28 pés de comprimento é revestida com painéis de escalada modulares e reconfiguráveis, permitindo aos seus ocupantes praticar escalada onde quer que estejam estacionados.



Mas não se iludam aqueles que não conseguem imaginar que num espaço tão pequeno, ainda para mais "ambulante", não se consegue algo de luxuoso. Enquanto o acesso primário à residência é através de uma porta da frente padrão, uma porta de garagem maior abre para o mundo exterior. Os interiores personalizados são organizados em torno de uma cozinha centralmente posicionada, ladeada com mais acomodações, todas elas dignas de destaque numa casa comum.



Uma sala de jantar, uma sala de estar elevada, uma casa de banho e um espaço para dormir, numa zona superior, completam as divisões deste pequeno espaço. Com materiais cuidadosamente escolhidos, não só para fazerem fit ao tamanho das instalações mas também com cores e texturas que potenciam a ideia de espaço.



Uma casa para aventureiros cheia de charme e com espaço para mais do que dois, é aquilo a que gostamos de chamar um pequeno grande projeto!

USAR TECIDOS COM VIDA!


Desenvolvido pela designer Cox Janssens, "Tecido com tempo incluído" é uma série de tecidos coloridos que desafiam a percepção atual dos tecidos na sociedade consumista de hoje, que parece identificá-los como material descartável. Na verdade, as pessoas parecem cansar-se rapidamente das suas roupas e perder a habilidade de tratar ou até mesmo repará-las. Portanto, este projeto tenta fazer com que as pessoas façam os têxteis durar mais tempo.



Cox Janssens integrou o desgaste no projeto para permitir que alterações intrigantes ocorressem, mas também mostrar como o envelhecimento pode ser algo a valorizar. Nesse sentido, o valor do têxtil fica mais rico e, em última análise, prolonga a sua durabilidade. Tempo e uso estão, portanto, unidos, onde processos contínuos de lavagem, fricção superficial e luz solar aumentam o interesse para os quatro tecidos diferentes criados para este projeto. As consequências do uso, que normalmente são consideradas como algo de mau,  serão vistas numa outra perspectiva.



Para alcançar o processo proposto, são escolhidos e combinados diversos materiais, com padrões que são baseados nas propriedades flexíveis, variáveis de uma pele. Nos exemplos acima, a durabilidade é abordada de forma diferente por não tentar criar algo indestrutível, que parece sempre novo, mas em projetar algo que felizmente ilustra o tempo.

E A FAMÍLIA ESTÁ SEMPRE A CRESCER


Três anos depois da introdução do modelo original Nike Metcon, conhecido pela sua força e por proporcionar estabilidade, a família Metcon está a expandir-se com os novos Nike Metcon DSX Flyknit e Nike Metcon 3.



Contudo, reconhecendo a diversidade nas rotinas, a expansão da família Metcon propõe soluções direccionadas para diferentes necessidades. Por um lado, os novíssimos Nike Metcon DSX Flyknit são desenhados para atletas como Jyrie Irving, Skylar Diggins e outros que procuram um equilíbrio entre exercícios de força e cardio. Por outro, os Nike Metcon 3 apoiam os treinos de alta intensidade de concorrentes campeões como Mat Fraser e Sara Sigmundsdóttir.



Correr uma milha e, em seguida, fazer 100 flexões de braços na barra fixa, 200 flexões e 300 agachamentos; voltar a correr uma milha. Os novos Nike Metcon DSX Flyknit são desenhados para cobrir os detalhes dos mais exigentes exercícios, permitindo mais amortecimento e conforto para mais milhas e treinos.

ACESSÓRIOS COM UM TWIST

 
A designer Bar Gantz revela a sua série de móveis feitos através de curvatura a vapor, uma técnica de trabalho da madeira usada para aquecer tiras de madeira com uma caixa de vapor. O calor resultante e húmido permite que o material facilmente se dobre e crie formas mais flexíveis e únicas.


Como parte de seu projeto final de BA em Design de Produto no Instituto Hitholon de Tecnologia em Israel, as coleções de Bar Gantz visam trazer de volta uma experiência tradicional e ecológica de longa data. Nos últimos dois meses, ela tem pesquisado profundamente o assunto e concentrou-se em dois parâmetros: a espessura da madeira e o ângulo da curva. Como resultado, a designer descobriu que torcer o material oferece formas muito mais intrigantes. No entanto, o maior desafio foi ajustar a qualidade estética da torção com a estrutura funcional de cada produto.



Para esta coleção, Gantz apresenta uma mesa de café, um espelho, uma prateleira e bancos. Construída a partir de 3 tiras de dobra de madeira semelhantes, a mesa de café tem todas as peças dobradas em forma de U, segurando no centro a superfície superior. Por outro lado, o banco é concebido dobrando duas tiras para formar uma forma côncava, seguido por um triângulo que separa as bandas umas das outras para produzir as pernas e, em seguida, uma madeira dobrada é inserida para estabilizá-los.



 
Para segurar o espelho redondo, uma longa tira de madeira foi dobrada suavemente de forma circular. As duas extremidades da banda de madeira são ligeiramente torcidas para serem pressionadas contra a parede quando penduradas. Finalmente, para a prateleira, um longo painel de madeira é dobrado em ambas as bordas com a parte do meio à esquerda achatada. As arestas ligeiramente torcidas podem ser auto fixadas à parede sem acessórios pendentes, preservando um aspeto limpo e elegante.

A TIMEX SUGERE TEMPO PARA AMAR!


E ainda agora começamos o ano e já se começa a pensar que daqui a menos de um mês é da 14 de fevereiro, conhecido como o dia dos namorados! Este é sem dúvida o dia em que todos expressam o amor. O amor que já dura ao longo dos anos, o amor que esteve escondido ou até mesmo o amor que reacende.


Namore muito e encontre a forma mais encantadora de demonstrar que gosta realmente da sua cara metade. Tenha atitudes que fazem a diferença e que cheguem ao coração. As emoções são o que trazem vida à relação.  Se procura o presente ideal para continuar a surpreender ou demonstrar finalmente os sentimentos que não foram anteriormente manifestados.



A Timex sugere o apaixonante um relógio Scout Chrono com bracelete em pele castanha e detalhes vermelhos. Pequenos detalhes com um tom associado à tentação, paixão e desejo que fazem toda a diferença.

É tempo de amar e ser amado! Não perca mais tempo e partilhe o seu tempo com quem mais ama.